céu limpo

Março 27, 2010 at 12:30 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, manualidades) (, , , , )

Para dar uma ajuda a esta primavera que está a fazer esforços para chegar plenamente, fiz um colar azul, fresco si leve, como um dia do início da primavera.

As bolinhas são de madeira, e cada bola tem um modelo diferente, pintado a prateado: florzinhas, corações, fleur-de-lys, etc.

Enjoy!

Anúncios

Permalink Deixe um Comentário

raízes azuis

Dezembro 5, 2009 at 6:45 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, histórias, manualidades) (, , , , )

Estou de volta, com novidades, claro. Depois de umas curtas férias (merecidas, penso eu :)) na Inglaterra, depois de ter visto os nossos amigos de lá, depois de ter carregado as baterias no frio de Birmingham e a visitar umas terras lindas, cheias de história, voltei para a casa cheia de ideias para peças de bijutaria e com pouco tempo para as pôr em prática…

Mas vou fazendo… Eis o que comecei a fazer recentemente… a pintar pulseiras de madeira, à sugestão duma amiga romena que me encomendou uma. Eh, uma, sozinha, nunca fica bem, portanto fiz várias, que vou mostrar-vos quando ficarem completamente acabadas. Para já, só esta, com “raízes” azuis…

Este modelo, de raízes, é a minha nova obsessão… Gosto muito dele, é orgânico, decorativo e inquietante… Vou usá-lo noutras peças, também, até esgotar o seu significado.

PS: se se portarem bem, mostro-vos em breve umas fotos lindas que tirei com a minha máquina, na Inglaterra.

Permalink Deixe um Comentário

black and blue

Outubro 27, 2009 at 9:50 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, manualidades) (, , , )

Apresento-vos a minha última criação, o colar de madeira azul si preto. A “saliência” em cima do coração é um botão que recebi, “filho único”, mas tão bonito, que quis dar-lhe uma nova vida.

blue and black2

Já viram como me fica a mim o colar, agora vejam como fica em cima da árvore 🙂

blue and heart

Permalink Deixe um Comentário

frescura

Julho 11, 2009 at 10:00 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, manualidades) (, , , , )

Está muito calor no Algarve. Mas só durante o dia, porque de noite está fresco… É pena, porque eu gosto das noites quentes, com cigarras a cantarem em coro e com as vozes das rãs a fazerem festa/concerto no lago do jardim.

copaci1

Inspirada pelo calor dos dias algarvios, fiz um colar que podia chamar de fresco, e vocês vão concordar comigo 🙂

blue & silver

Já repararam que fiquei “fixada” na fase das bolinhas-novelo de arame. E isso acontece porque gosto imenso de as fazer e tenho que esgotar essa “fase”.

blue and silver

Quero transmitir-vos um bocado dessa frescura do colar: bolas frias, prateadas, de arame, boas para refrescar o decote nos dias de Verão, e o azul hipnotizante das bolinhas de plástico. Uma espécie de água fria para alguém que tenha sede…

Permalink 3 comentários

balões de ouro

Abril 21, 2009 at 1:42 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, histórias, manualidades, pensamentos) (, , , )

Hoje quero mostrar-vos um anel muiti “festivo”. Apesar de a festa da Páscoa ter passado, pode ser festa todos os dias, se asssim o quisermos. A festa de estarmos vivos.

golden baloons

Balões voando em todo o lado, reflectindo em tons dourados a luz do dia, balões frágeis, cuja vida é curtíssima, só que isso não nos impede de gostarmos tanto de os ver.

Balões passageiros…

Não estão a ver que há festa???

Permalink 1 Comentário

vem aí a primavera?

Fevereiro 8, 2009 at 9:35 pm (bijutaria) (, , , )

Hoje passeei um bocado no jardim, para apanhar sol, o que só pode fazer bem à constipação que apanhei na sexta-feira, que foi um dia muito frio. Vejam o que encontrei no jardim, surpreendida, porque pensava que este ano o Inverno não quer mesmo ir-se embora.

micsunele

Perfumadas e azuis-inocentes, pequenas e frágeis como uns pequenos brinquedos. As flores da minha infância, quando o meu avô me chamava ao jardim para as ver e colher. Uma miúda com um ramo pequeno de violetas com um cheiro divinal, colocadas cuidadosamente num copo com água.

blue-wilma

Tenho umas saudades loucas do Verão e de céu claro, de azul limpo, de azul intenso. De céu sem nuvens e também de pessoas sem nuvens por cima da cabeça. Saudades de cores intensas que vibram, de música de Verão com o volume ao máximo, de roupa leve de Verão, branca e azul e encarnada.

blue-wilma

Para já… anéis, pedras, arames com que brinco, chuva intermitente lá fora e florzinhas milagrosamente aparecidas no meu caminho, quando está sol no meu jardim.

Permalink 3 comentários

california dreamin’

Fevereiro 2, 2009 at 10:41 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, histórias, manualidades, música, nostalgia, video) (, , , )

Há alguns dias estou encantada, além do oceano que oiço no quarto em que durmo (estou ainda na casa da Gratiela, em Cascais), com uma canção muito antiga e bonita, harmoniosa. Talvez tenha a ver com o filme romeno que vi ontem à noite, com o mesmo nome (California Dreamin’) e de que gostei imenso, talvez seja a nostalgia do sol que teima em aparecer só esporadicamente estes dias. Ainda por cima, anuncia-se que haverá ainda mais dias de chuva por aqui.

cascais-nuvens

Como é já costume, vou tentar “extrair” esta canção da minha cabeça, partilhando-a convosco, para ver se a “exorcização” funciona desta vez também, como tantas vezes funcionou.

Um anel com muito sol, como a própria California, e The mamas and the papas”.

yellow-flower-reloaded

Permalink 2 comentários

variações sobre o mesmo tema

Janeiro 28, 2009 at 9:38 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, manualidades) (, , , , )

Há uns meses, quando comecei a fazer anéis, comecei a inventar também padrões para decorar as minhas peças, que ficassem além da inspiração da realidade imediata ou em coisas de que sempre gostei.

Naquela altura de começo, fiz este padrão que não consigo para já abandonar. É o que quero mostrar-vos hoje.

yellow-leaves

Quem viu a galeria foto dos anéis, deve ter reparado nele. É um dos primeiros anéis que alguma vez fiz.

Fiz mais alguns com o mesmo padrão, mas as fotos valem mais do que as palavras.

green 3 leaves

E assim, em azul:

three-blue-leaves

PS: amanhã vou para Cascais, ser baby-sitter do filho duma amiga. Não se preocupem, o filho é grande, tem 12 anos, mas mesmo assim precisa de companhia. Vou tentar escrever amanhã à noite, mas não prometo. Temos conversa para pôr em dia 🙂

Permalink 3 comentários

nostalgias

Dezembro 18, 2008 at 10:44 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, manualidades, música, nostalgia, video) (, , , , , )

Ontem estive em Lisboa. Tive um dia cheio e encontrei amigos queridos, o que fez do meu dia um dia excelente. Mesmo assim, não consigo escrever hoje sobre isso.

Tive de repente saudades da Irlanda. Uma espécie de “invasão” de nostalgia, uma mistura de vivências e pensamentos. Uma mistura.

Voltei aos símbolos eternos dos Celtas. A espiral vai continuar a aparecer nos meus trabalhos, daqui para a frente. Celtas, Irlanda, pub, frio lá fora, quente cá dentro, música.

blue celtic spiral

Na minha cabeça associam-se as ideias, os símbolos com as músicas ou palavras exactamente como estão aqui. As “associações” que faço não são forçadas, são sinceras e naturais.

Esta música é uma das muitas que os irlandeses cantam quanto estão juntos, pois os irlandeses adoram cantar, tal como os portugueses. Gosto muito dela, não me farto de a ouvir. Duma certa maneira lembra-me das noites que passei com os amigos no pequeno Irish Pub de Cais de Sodré, em Lisboa. O dono daquele bar costumava cantar live quase todas as noites. Era o prazer dele: pegar no microfone e matar as saudades da Irlanda dele.

Que post tão estranho… 🙂

Permalink 1 Comentário

roxo

Novembro 27, 2008 at 9:08 pm (artes, artesanato, bijutaria, criação, manualidades) (, , , , , )

O encarnado e o azul amaram-se e não conseguiram separarem-se. Do amor deles resultou o roxo, híbrido tão querido por muitas mulheres, a mostrar personalidades fortes ou a tendência para sonhar…

Conheço pelo menos duas mulheres que adoram pura e simplesmente esta cor, que já faz parte da imagem delas, faz parte delas… Interessante, ainda não conheci ninguém obcecado com a cor amarela ou castanha…

 mauve

Para mim, o roxo é uma cor intensa, que tem muito para dizer, é chique e nunca passa despercebida.

Roxo: o calor do encarnado e o ar sonhador do azul – 2 em 1.

 

Permalink 3 comentários

Next page »