arco-íris

Fevereiro 13, 2009 at 12:10 am (artes, artesanato, bijutaria, criação, filme, histórias, manualidades, música, video) (, , , )

Já vos tinha dito o quanto gosto do Almodóvar? É o meu realizador favorito. “Reencontro-me” no mundo colorido dele, cheio de dramas grandes ou pequenos, cheio de mulheres autênticas, admiráveis, que fazem tudo com paixão e que usam o encarnado mais do que qualquer outra cor.

Os filmes dele são como umas peças de bijutaria feitas com amor, lindas e tumultuosas, são como a própria vida: com coisas boas e más, coisas que enaltecem e coisas que te arrastam para os mais miseráveis becos sem saída.

As mulheres de Almodóvar são capazes de qualquer coisa por amor, choram, sacrificam-se, matam, vão até ao fim do mundo se for preciso, mesmo com saltos altos, mesmo tendo uma doença terminal, mesmo de joelhos.

rainbow-ring

Os homens efeminados destes filmes têm também tendência para a feminilidade extrema, e os que não têm este tipo de tendências são passionais, sem escrúpulos até, às vezes.

rainbow-pendant2

Vou deixar-vos a fazerem a ligação entre o encarnado, o arco-íris e Almodóvar 🙂

PS: as peças que vos mostrei são de madeira.

Anúncios

1 Comentário

  1. Adriana said,

    Lindo o fragmento do filme que ilustraste aqui, cheio de feminilidade, sensualidade, beleza… exactamente como as peças que criaste. Peças para mulheres verdadeiras, com personalidades muito fortes que não têm medo de mostrarem-se pois o vermelho atrai sempre os olhares… 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: